Google+ Le DUEL - l'arbalète | A Pirâmide de Kukúlkan

O último reduto onde os Asseclas do CONCLAVE encontram-se...

Le DUEL - l'arbalète


...Em síntese: não é o filme que formaria a opinião, mas sim a nossa percepção acerca da mensagem transmitida. Isso também é válido para todas as outras formas de arte ou tu duvidas que há MIMES incutidos e sendo permanentemente transmitidos através da Música, Dança, Teatro, Literatura, Escultura, Pintura e nos Quadrinhos... Bom para termos, ou melhor, percebermos algo deve haver, por exemplo, o estimulo visual ou sonoro, não é? Se na sua maioria esses estímulos convergem para um lado em absoluto... O que acontecerá? Uma sociedade, em sua maioria, se volta para uma direção em comum, não é? Mais uma vez tu crês que a mídia DETERMINA tudo. Não é assim. Pense: não há influência que force as pessoas a realizarem atos que são contrários às suas tendências naturais (exemplificando: tu não podes exigir que alguém hipnotizado mate outra pessoa, a menos que o mesmerizado em questão seja um assassino). Podes sim, incentivar tendências naturais, ocultas ou evidentes, e mesmo assim não obterá sucesso com todos e aqueles que não forem cooptados irão “berrar” até “quebrar o encanto” e levar os outros a abrirem os olhos. Nenhuma sociedade segue integralmente um caminho. Quando o nazismo espalhou-se (apoiado em incontáveis MIMES muito bem captados, re-elaborados e difundidos) pela Alemanha, muitos fugiram de lá antes que o “caldo entornasse”. Por que fizeram isso? Por que não permaneceram lá, hipnotizados como jacarés pela luz? Porque não estavam fascinados o bastante, com suas mentes capturadas, por que NÃO FORAM CONVENCIDOS A SEGUIR COM O REBANHO! Muitos o foram? Sim, a máquina de propaganda política do Terceiro Reich era mais eficiente que todas as redes de TV do mundo Ocidental juntas! E mesmo assim ele não foi 100% eficiente. Não seria, por bem, melhorar os “estímulos” para que seja formado melhor o cidadão? Concordo plenamente, mas não há um novo Goebbels hoje em dia que possa fazer isso em favor da saúde mental planetária... De qualquer forma, quase ninguém agüenta historinhas com moral no final... Desculpa, mas esse seu argumento continua dizendo que eles são sim formadores de opinião... Ai, ai, ai, meus sais! Repito: influencia, porém, não determina. Se qualquer mané que pegar um microfone em uma rádio começar com campanhas malucas já vai influenciar muitas pessoas, imagina Hollywood! Influenciaria pessoas de mentalidade fraca. Para convencer todos os outros o tal “mané” teria de lançar mão de uma forte argumentação muita bem embasada, porque rádio não é cinema, não dispõe do poder da imagem...
(continua...)
Sidinei Lander da Silva Pereira: Mestre de RPG, aprendiz de escritor, leitor voraz, quadrinista fanático, cinéfilo compulsivo, agnóstico independente, livre-pensador, fã incondicional de O Senhor dos Anéis (livro e filme), música para mim é Clássica, Jazz, Blues, Rock'n Roll e Metal! E tenho dois gatos... Quer saber mais sobre mim? Veja meu perfil no Google Plus!

2 comentários:

Postar um comentário

Atreva-se, diga-me o que está pensando!
Se veio até aqui, não recue!
Se és contra, a favor ou muito pelo contrário(?!),
tanto faz...
Afinal, esta é uma tribuna livre.
E uma certeza podes ter como absoluta:

RESPOSTA TU TERÁS!!!!!!