Google+ Le DUEL - coup-double | A Pirâmide de Kukúlkan

O último reduto onde os Asseclas do CONCLAVE encontram-se...

Le DUEL - coup-double


Bom a respeito de ir ao cinema para ouvir ou ver sermões, nunca disse isso, De fato, é verdade. Não o dissestes mesmo. Tampouco afirmei que o falaste, apenas coloquei desta forma para que pudesses entender (era uma metáfora, até porque não há muitos blockbusters com pregadores realizando homilias ao público cinéfilo...), achei que havia sido claro... A única coisa que falei é que deveriam ser equilibradas a divulgação dos filmes, livros e afins, só isso, para que as pessoas possam ter mais opções de escolha. Concordo. Assino embaixo! Todavia, como disse antes, a divulgação excessiva pode fatalmente levar-te a não ver com bons olhos algo de qualidade (que se tu tivesses descoberto por ti mesmo, valorizaria muito mais). Eu como você também gosto de ir ao cinema ver um filme de ação e tal, mas nós sabemos que existe uma vida fora disso, livros interessantes que tem o que dizer e filmes que mostram uma alternativa a esse monopólio americano Concordo uma vez mais. A diferença é que eu não desmereço algo apenas porque não se encaixa em uma concepção intelectualóide do establishment, mas procuro manter a mente aberta e aproveito tudo o que é bom ou não! (sim eu como o Michel antiamericano... ao modo de vida americano porque tem autores de lá que adoro é verdade... mas a prepotência daquele povo é foda e espero que nisso, ao menos nisso, você venha a concordar comigo), Toda e qualquer postura radical é alienante. Não sou antiamericano pela mesma razão que não sou antibrasileiro (apesar de ter poucas razões para o contrário), ou anti-inglês (nem cito as razões históricas para isso !) ou anti-bolíviano (mesmo com todo o gás de motivos) ou anti-argentino (esse sim, o povo mais arrogante da face da terra, segundo muitos...) ou anti-qualquer-país-com-alguma-característica-que-eu-não-aprove! A Al Qaeda também é antiamericana e daí? Isso a torna melhor ou mais perdoável? Cada povo tem seus defeitos e qualidades, isso é cultural. Os americanos são prepotentes, arrogantes? Provavelmente talvez sejam, mas isso não significa que o povo inteiro não valha nada (não se esqueça que Hitler usava alguns argumentos muito parecidos, tipo: “Judeus conspiradores estão destruindo a Alemanha, vamos torrar todos esses f.d.p. nos forninhos!!!).
Tu defendes tanto a igualdade. Seria essa? Condenação igual, sem chance de remissão?
Isso soa tão arrogante ou prepotente quanto qualquer americano.
Talvez, esse seja o ponto: o que “nós” pensamos deles, eles pensam de nós...
Outra coisa é que não se pode confundir governo com povo! Não se esqueça que o Bush ganhou “no tapetão.”... E mais outra: tome o Brasil como exemplo: tem uma multidão de gente que sua, trabalha, labuta e se mata para sustentar a si e a própria família. São trabalhadores, operários, assalariados ou explorados. Agora olhe para nosso governo: vês algo assim lá em cima? Agora raciocine o seguinte: qualquer habitante, de qualquer nação que seja desta esfera azul chamada Terra, que assistir a CNN, a BBC, ler o TIME ou Lê Monde, terá TODOS os subsídios do mundo para dizer: “Brasileiro é tudo ladrão e F.D.P.!!!” E aí? Vais falar o que? Quem tem razão? Hum? Tem gente que não sabe e se influência sim pelo que a grande mídia diz... Infelizmente é verdade. Ou você acha que não? Concordo contigo, desgraçadamente há “Bob Esponjas” em todos os lugares... Estou tão errado assim? Não.
(continua...)
Sidinei Lander da Silva Pereira: Mestre de RPG, aprendiz de escritor, leitor voraz, quadrinista fanático, cinéfilo compulsivo, agnóstico independente, livre-pensador, fã incondicional de O Senhor dos Anéis (livro e filme), música para mim é Clássica, Jazz, Blues, Rock'n Roll e Metal! E tenho dois gatos... Quer saber mais sobre mim? Veja meu perfil no Google Plus!

1 comentários:

diego

sim socrat..ou melhor sid..hehehe! vc me convenceu.. gostei do texto q escreveu...mais humano, menos pedante..legal!


sid disse.... toda e qualquer postura radical é alienante. Não sou antiamericano pela mesma razão que não sou antibrasileiro (apesar de ter poucas razões para o contrário), ou anti-inglês (nem cito as razões históricas para isso !) ou anti-bolíviano (mesmo com todo o gás de motivos) ou anti-argentino (esse sim, o povo mais arrogante da face da terra, segundo muitos...) ou anti-qualquer-país-com-alguma-característica-que-eu-não-aprove! A Al Qaeda também é antiamericana e daí? Isso a torna melhor ou mais perdoável? Cada povo tem seus defeitos e qualidades, isso é cultural. Os americanos são prepotentes, arrogantes? Provavelmente talvez sejam, mas isso não significa que o povo inteiro não valha nada (não se esqueça que Hitler usava alguns argumentos muito parecidos, tipo: “Judeus conspiradores estão destruindo a Alemanha, vamos torrar todos esses f.d.p. nos forninhos!!!”).


Tu defendes tanto a igualdade. Seria essa? Condenação igual, sem chance de remissão?


Isso soa tão arrogante ou prepotente quanto qualquer americano.


Talvez, esse seja o ponto: o que “nós” pensamos deles, eles pensam de nós...


Outra coisa é que não se pode confundir governo com povo! Não se esqueça que o Bush ganhou “no tapetão.”...
E mais outra: tome o Brasil como exemplo: tem uma multidão de gente que sua, trabalha, labuta e se mata para sustentar a si e a própria família. São trabalhadores, operários, assalariados ou explorados.
Agora olhe para nosso governo: vês algo assim lá em cima?
Agora raciocine o seguinte: qualquer habitante, de qualquer nação que seja desta esfera azul chamada Terra, que assistir a CNN, a BBC, ler o TIME ou Lê Monde, terá TODOS os subsídios do mundo para dizer:
“Brasileiro é tudo ladrão e F.D.P.!!!”
E aí? Vais falar o que?
Quem tem razão?
Hum?


bom........ o bush ganhou a eleiçao(reeleiçao) depois q declarou guerra ao iraque(Al Qaeda), inflamando o povo, instigando o sentimento de vingança, violencia, com argumentos duvidosos q até agora n foram provados,dizendo q lá existiam armas quimicas e essas coisas mais, pós 11 de setembro, lembra? ha quem diga q foi armaçao do proprio governo.radical?
vc esta certo sid, n me fiz entender bem, n sou radical a esse ponto, talvez tenha me expressado mal, muito mal..mas sobre a cultura..n acho legal um país impor a sua cultura "goela abaixo" sobre as outras naçoes..vendendo uma imagem de um sistema feliz e ideal..n acho isso legal..ditar regras através do poderio economico..cuba é um exemplo disso..disse n aos americanos e sofreu embargo economico..e no mundo de hoje ficar sem parceiros comercias é cruel!! sei lá n defenderia esse pessoal assim...
sabe lá nos estados unidos.... os americanos q n querem nada com nada( n querem trabalhar, estudar, essas coisas), sao chamados de "trash white"(lixo branco) esses carinhas, q lá estao, pensam q n precisam por a "mao na massa" pq tem o mexicano da vida p fazer o trabalho sujo e o q fazem eles?? bebedeiras, bagunça, casamentos arranjados com imigrantes p ganhar uma graninha, provocam o racismo essas coisas... mas claro q lá existem boas pessoas, os q conseguem ver além do q a sociedade de lá propoe como modelo ideal de vida... como aqui tb existem brasileiro q conseguem olhar p o governo e sentir vergonha de tudo o q esta acontecendo(mas isso mereceria um capitulo a parte).
concordo com vc em genero, numero e grau..toda a postura radical é alienante, por isso, q tanto eu como vc gostamos de nos informar sobre tudo, lemos até mesmo bula de remedio, mas isso n vai me impedir de criticar e expor algo q me incomoda..n é pq leio de tudo q aceito tudo, ou melhor, q tenho de aceitar tudo, n concorda?? temos q pensar sobre o q esta diante dos nossos olhos e com os nossos pensamentos formar as nossas opinioes!
o q vc acha socrat...ou melhor sid??
(continua...)

Postar um comentário

Atreva-se, diga-me o que está pensando!
Se veio até aqui, não recue!
Se és contra, a favor ou muito pelo contrário(?!),
tanto faz...
Afinal, esta é uma tribuna livre.
E uma certeza podes ter como absoluta:

RESPOSTA TU TERÁS!!!!!!