Google+ OVER-POWER: ser ou não ser? YES, OH YES!!!! | A Pirâmide de Kukúlkan

O último reduto onde os Asseclas do CONCLAVE encontram-se...

OVER-POWER: ser ou não ser? YES, OH YES!!!!

(Porque magos ficam sem magias...)
Muito se tem falado acerca da chegada do GURPS e D&D 4ª Edição: Alguns acham que será a revolução, outros que será a salvação do RPG e mais um tanto acha que precisará de mais dados.
De uma coisa é certa, os Over-Power irão aflorar á torto e á direito, com fome de bônus.
Mas o que vem a ser um Over-Power?
No Brasil eles são mais conhecidos como Over-Power graças, talvez, á revista Dragão Brasil. Nos EUA eles são chamados de Munchkin e até onde eu (wikipedia) sei, este termo apareceu a primeira vez no Mágico de Oz. O fato é que são os Caça-Bônus, os apeladores, são aqueles caras de quem você não consegue ganhar uma discussão porque as regras estão todas decoradas, item mágico a item mágico. Ou seja, são adoráveis bastardos. Todos nós temos um “quê” de Over-Power em nós, seja o sistema que for. Mas como saber se você é um desses jogadores/pesadelos-de-Mestre?
Neste primeiro Post da série (no estilo Opa, com 16 é crítico!) vou introduzí-los (ops!!!) a um mundo regado á pizza, coca-cola e bolas-de-fogo-maximizadas. A primeira coisa a se fazer chegando neste mundo é conhecer os termos e gírias da tribo. Decorem este pequeno vocabulário para podermos prosseguir.
("Opa essa espada +12 é minha!")
Guia de Termos:
Aventura: Uma noite de baixaria bêbada com talvez um jogo envolvido.
Campanha: Uma série de combates que dura vários meses.
Crítico: A melhor coisa do mundo.
D4 – Um dado pontudinho que serve para machucar em pé quando você pisa nele.
D6 – O dado quadrado que você usará um montão já que eles são bastante usados para dano. Alguns jogos mais retro não usam mais nenhum dado. A maioria dos jogadores tem sacolas cheias destes.
D8 – O primeiro dos dados raramente usados.
D10 – Provavelmente o dado mais popular no momento devido ao aumento constante de sistemas de porcentagem e da conglomeração de jogos da White Wolf. Você precisará de meia tonelada deles.
D12 – O segundo dos dados raramente usados.
D20 – Este dado ficou famoso primeiramente com AD&D. Sua forma quase-esférica permite que você troque os números com grande rapidez.
D100 – Normalmente dois D10, mas geralmente é um grande dado Over-Power. O D100 é usado para permitir sistemas de porcentagem que dão uma falsa noção de credibilidade científica.
Dano Colateral - Quando um PJ é burro o suficiente para ficar perto de suas fire-balls.
Estatísticas – Metade do seu potencial Over-Power.
Experiência – Modo de aumentar seu poder Over-Power.
Ficha de Personagem - Aquela coisa amassada e manchada que você não necessita pois sabe todas as estatísticas do seu PJ de cor.
Fim de Jogo - É aquilo que só acontece quando VOCÊ diz que acontece.
Forma Livre – Uma maneira de dizer Live Action com mais credibilidade.
Gênero – É aquilo que define se você está matando Orcs ou Aliens.
Game Master (GM) – O Mestre do Jogo ou (para o Over-Power de plantão) O Inimigo
Jogador – Você e seus camaradas (players, para os íntimos...).
Live Action – Aquilo que os “jogadores de mesa” dizem que não fazem, ou seja, vestir fantasias e bater uns nos outros.
Livro do Jogador - Aquele livro que você pode ler e sabe onde está cada bônus e cada parágrafo.
Livro do Mestre - Aquele outro livro que você não pode ler, mas que você também sabe onde está cada bônus e cada parágrafo, sem que seu Mestre saiba disso.
Livro dos Monstros - Mais conhecido como “Saco de XP”, contém todas as criaturas que você já vilipendiou, inclusive as Ninfas.
Munchkin – O poderoso, Over-Power, maximizador de bônus.
Nível – O grau de quão “Over-Power” você é.
Over-Power - Munchkin, Massacrador de PV alheio, Controlador de Natalidade Orc.
PdM – Bucha-de-Canhão.
Perícias – A outra metade do seu potencial Over-Power.
PJ – Seu personagem, bobão.
Pontos de Magia – O número de vezes que você pode gritar KABOOOOOOM e ensurdecer seu Mestre.
Pontos de Vida – Um número que você quer o mais alto possível.
Teatro Interativo – Uma maneira dramática e pretensiosa de acadêmicos dizerem Forma Livre.
RPG – Rocket Propelled Grenade (Lança-Mísseis).
Sistema - Regras que o Mestre usa para roubar você e seus companheiros.
Suplemento – O livro que adiciona coisas as regras e cenários do livro básico, complicando a vida de todo mundo.
Tampo de Mesa – Aquilo que não é Live Action, ou PBM, ou PBeM, jogado em volta de uma mesa e dados rolando para debaixo do sofá e café derramando por todos os livros (Que geralmente são do Mestre).
Agora saberemos se você é um Over-Power (do tipo Se dá XP eu ataco!), se tem potencial ou se é apenas um frangote cujo maior sonho é limpar as botas de um verdadeiro Exterminador-de-Campanhas.
Você É um Over-Power se:
- O mago Merlin lava os tubos de ensaio ao SEU laboratório.
- Você amarra um Beholder pela cauda e o utiliza como câmera de segurança de seu esconderijo.
- Você saca sua espada e os Orcs em até 5 quilômetros se fingem de mortos.
- Ataca três vezes por turno sem penalidades desde o primeiro nível.
- Você usa Esconder-se nas Sombras utilizando sua própria sombra!
- Todos seus ataques são críticos ANTES mesmo de confirmá-los.
- Você tira no Mínimo três sucessos decisivos numa sessão.
- Estes três decisivos são sempre contra o inimigo mais difícil do dia.
- Seu Mestre acredita em tudo o que você diz!
- Você não vê a hora de botar as mãos no novo D&D para poder usar Mísseis Mágicos á Vontade (Vira-Latas, Gatos de Rua e Velhotas Atravessando a Rua, tremei!).
- ND para você significa “Nível de Diversão”.
- Nas conversas com os amigos que não jogam RPG você só fala de RPG.
- Nestas conversas você se refere ao personagem em primeira pessoa ("Ontem dizimei uma vila Orc. Poupei mulheres e crianças pra quando der fome.") .
- Sua lista de Itens mágicos é maior do que sua lista de itens comuns.
- Acha que Interpretação é para atrizes e veados.
- E que Live Action com regras “Don’t Touch” é para veados.
- E também que Sistemas que não usem dados, são para veados.
- Seu Deck de Magic tem 120 cartas.
- Você ajuda uma senhora a atravessar e ao chegar do outro lado diz: "Quanto essa “quest ” deu de XP?"
- Seu personagem tem 3 classes e todas são de Prestígio.
- E a próxima será “Diamante Negro”.
- Você defende com unhas e dentes que chocolate branco não é chocolate.
Você tem potencial, filho...
Então você não é um Over-Power, mas quer ser… ? (Tem certeza?)
Aqui vão algumas dicas:
Para Atributos:
- Ao rolar atributos deixe um dado cair da mesa e grite “Deu Seis!”.
- Se atributos forem rolados apenas em cima da mesa, procure rolar em um espaço irregular. Assim se rolar algum número desagradável você pode contestar : “Quinou!!” (Isto também vale para jogadas de ataque)
- Esconda os dados pelo menos um pouco com as mãos ou atrás de um livro.
- Utilize dados de cores favoráveis e/ou desgastados. Exemplos: Dados amarelos translúcidos, com numerais brancos.
Para testes em geral:
- Leve seu bichinho de estimação para a mesa de jogo. Ele pode distrair a atenção do Mestre por bem ou por mal.
- Tenha sempre muitas manchas na ficha para o Mestre nunca ter certeza do valor de suas perícias. - No mesmo intuito reescreva e apague sua ficha dezenas de vezes. Cada vez pressionando mais o lápis, se rasgar melhor.
- Cace suplementos como um beduíno caça corredores de rally. Neles estão escondidos os melhores bônus e combos.
- Evite Elfos e Halflings. O mundo não precisa deles.
- Evite Bardos, bando de veados.
Armas, Armas e mais Armas!!!!
Tá ok, já fiz minha máquina de tortura ambulante com atributos maximizados, e agora?
Agora caro Esterilizador-de-Goblins basta escolher uma boa arma.
Abaixo uma pequena lista de armas, com notas de quão Over-Power elas são (De 1 a 10):
Espada Bastarda: 8 (Meio batida mas tem um nome irado!)
Machado de Batalha: 6
Arco: 3
Catapulta: 1-10 (Depende do alvo a ser utilizado: Castelo: 1. Elfo: 10.)
Besta: 3
Adaga: 2
Arco-Longo Élfico: 1 (Elfos são frutas completos)
Machado Grande: 10 (Chuta-Bundas de plantão e é fodasso)
Machete: 10 (não a vagabunda do LdJ, mas aquela do Jason...)
Arco Longo: 5 (Era 9 por causa do Robin Hood mas então apareceu o Legaylas)
Espada Longa: 5 (Batida já faz um tempo mas remete ao duelos capispada.)
MonrnigStar: 7 (Nome foda e cheia de espinhos!)
Cajado: 1 (2 se você for Mago)
Besta de Repetição: 9 (Carregamento Completo: Twacka, Twacka, Twacka, Twacka)
Espada Curta: 3 (Batida demais e tem aquela coisa Freudiana de Arma Pequena.)
Funda: 0.
Lança: 2 (9 Se for lança-pesada e tiver um cavaleiro Orc dando carga em sua direção)
Machadinha de arremesso: 5
Por hoje chega não, seu acumulador de dados?
No próximo e ultimo Post desta série entitulada Isssa, passei dois níveis nesta aventura! falarei sobre o que é Over-Power nos dias de hoje e o que tenta ser mas não passa de um filhote de nada com coisa nenhuma.
Sidinei Lander da Silva Pereira: Mestre de RPG, aprendiz de escritor, leitor voraz, quadrinista fanático, cinéfilo compulsivo, agnóstico independente, livre-pensador, fã incondicional de O Senhor dos Anéis (livro e filme), música para mim é Clássica, Jazz, Blues, Rock'n Roll e Metal! E tenho dois gatos... Quer saber mais sobre mim? Veja meu perfil no Google Plus!

1 comentários:

Postar um comentário

Atreva-se, diga-me o que está pensando!
Se veio até aqui, não recue!
Se és contra, a favor ou muito pelo contrário(?!),
tanto faz...
Afinal, esta é uma tribuna livre.
E uma certeza podes ter como absoluta:

RESPOSTA TU TERÁS!!!!!!