Google+ PIRATAS!!! - Cap. 372 | A Pirâmide de Kukúlkan

O último reduto onde os Asseclas do CONCLAVE encontram-se...

PIRATAS!!! - Cap. 372

Na manhã seguinte,
refeitos do choque inicial
é hora de pensar nos vivos
(ou ao menos em como manter
os vivos vivos!).
No final o desafortunado encontro
com Doder Graeff
mostrou um saldo benéfico:
porões lotados de mantimentos
e muito material que
pode ser utilizado nos reparos
dos navios britânicos.
O último sacrifício de Ardor
salvara a todos.
Após dois dias de
consertos incessantes
o navio do holandês
reduzira-se a uma
carcaça flutuante
e os remendados
galeões ingleses
puseram-se a rumo de casa.

Três dias antes na distante.
Ilha do Desespero,
ao raiar do dia.

Sangre caminhou até a
beira da água, pôs
um pé dentro dela, outro fora,
ergueu o punho cerrado
ao céus e bradou:
― Poseidon! Invoco-vos!
Mais que isso: eu ordeno-vos!
Vinde a mim, agora!
Por um breve instante
apenas o crocitar de
uma gaivota se fez ouvir,
acompanhada do quebrar
das ondas na areia.
O pirata começou a se irritar
e pensou (fervendo de raiva):
― Ele está querendo
me tirar do sério... Pensa que
vai se livrar de mim
tão facilmente?
Pois saiba que Sangre
ainda tem alguns
truques na manga...
Retira da cintura
a adaga profana
com que matara a feiticeira.
Quando a próxima
marola abeira-se
crava a lâmina na areia
no momento exato
e recita algo em
uma língua morta
a mais de mil anos!
No mesmo instante
a água do mar recuou,
mas uma parte dela ficara
“presa” a arma branca,
uma faixa líquida
que se estendia de onde
o pirata estava
até muitas jardas adiante.
Um rumor ecoou ao longe
e uma onda gigantesca
começou a forma-se
no horizonte.

Os piratas britânicos saqueiam a nau holandesa...


...trazendo a bordo os víveres
necessários a travessia oceânica...


...reabastecidos partem rumo a velha Inglaterra.


Três dias antes, na distante Ilha do Desespero...


...Sangre preparava-se para enfrentar o inimigo oculto
que vinha sabotando seus esforços
e tornando sua vida um verdadeiro inferno!


Demonstrado estar disposto a tudo,
valeu-se da Adaga de Nyarlathotep... 


...e seu inimigo revidou criando um tsunami do nada!!!


Uma ameaçadora e voraz onda gigante
que com certeza iria varrer do mapa a pequena ilha...


...chacinando impiedosamente
a todos os que nela estavam!



Sidinei Lander da Silva Pereira: Mestre de RPG, aprendiz de escritor, leitor voraz, quadrinista fanático, cinéfilo compulsivo, agnóstico independente, livre-pensador, fã incondicional de O Senhor dos Anéis (livro e filme), música para mim é Clássica, Jazz, Blues, Rock'n Roll e Metal! E tenho dois gatos... Quer saber mais sobre mim? Veja meu perfil no Google Plus!

0 comentários:

Postar um comentário

Atreva-se, diga-me o que está pensando!
Se veio até aqui, não recue!
Se és contra, a favor ou muito pelo contrário(?!),
tanto faz...
Afinal, esta é uma tribuna livre.
E uma certeza podes ter como absoluta:

RESPOSTA TU TERÁS!!!!!!